Tetette2
Credit Card Mockup

LGBTerror

Org.: Anne Demeneck e Igor Cabrardo

Ilustração por Ana Júlia Piskra

Nesta antologia, você encontra 15 contos com temáticas LGBTQIA+ pelo viés do terror. Cuidado com o vale da sombra da morte!

R$ 36,00

Em estoque

- +

Consulte o prazo estimado e valor da entrega

Não sei meu CEP
Formato

14x21

Papel

Pólen

Páginas

194

Acabamento

Brochura

Livro em pré-venda até 30 de maio. O lançamento acontecerá na POC CON – Feira LGBTQIA+ de Quadrinhos e Artes Gráficas, nos dias 31 de maio e 01 de junho, em São Paulo. Compras realizadas na pré-venda poderão ser retiradas presencialmente no evento.

 

Cruzar os limites do “vale” pode ser assustador. Perigos diversos espreitam — nem sempre ocultos — às margens da sociedade, sedentos por devorar a nossa existência.
A antologia LGBTerror propõe transportar esses horrores que se misturam às sombras da realidade para a potente ferramenta da literatura. Aqui, nossos personagens encaram vários tipos de monstros — sejam eles reais ou alegorias, humanos ou não. Você encontrará neste livro 15 histórias que trabalham com o terror e o fantástico como meio de autoaceitação, vingança, superação e até mesmo exorcismo. A mensagem é clara: not today, Satan!

Autores e contos:

  • Não vai sobrar nenhum de nós — Elmira Não Está
  • O órgão maldito — Fernanda Chazan
  • A monstra — Lucas Santana
  • O diabo que habita em nós — Lucas Matheus
  • Febre — Andrio J. R. dos Santos
  • Última porta ao meio-dia — Felipe Teodoro
  • Camilla — Helena Zamparette
  • Demônios são os melhores amigos de uma garota — Bernardo Neto
  • Voyeur onipresente — Igor Cabrardo
  • O corpo — Julio Rodrigues
  • O monstro das unhas — Filipe Travanca
  • Ao sul do céu — L. F. Lunardello
  • Mãe solo — Anne Demeneck
  • O andante do enforcado — Ramon Mapa
  • Pecado — Sara Escorsin

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “LGBTerror”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu carrinho
Seu carrinho está vazio.

Parece que você ainda não fez uma escolha.